quinta-feira, 17 de maio de 2018

Temer anuncia recursos para Centro de Eventos de BC


O presidente Michel Temer anunciou a autorização de empenho de recursos para a conclusão das obras do Centro de Eventos de Balneário Camboriú, durante a abertura do Encontro Nacional da Indústria da Construção, no Centro de Eventos Luiz Henrique da Silveira, em Canasvieiras, Florianópolis. Serão R$ 15,6 milhões do governo federal e mais de R$ 4 milhões do Estado em contrapartida para a obra avaliada em R$ 89 milhões. A reivindicação já havia sido encaminhada pelo governador Eduardo Pinho Moreira, o ministro Vinicius Lummertz e o deputado federal Rogério Peninha Mendonça. Os recursos saíram do Ministério do Turismo e serão repassados à Secretaria Estadual de Turismo, Cultura e Esporte. Em um ano eleitoral, que impõe restrições de repasses, a partir de julho, a notícia deve ser comemorada e muito por Santa Catarina e será capitalizada pelo MDB. É só reparar na alegria de Moreira (na foto) quando recebeu o documento das mãos de Temer sob o olhar de Lummertz.

24ª BNT Mercosul começa no próximo dia 25


Falta pouco para a BNT Mercosul. Dias 25 e 26 de maio acontece a 24ª edição do evento que reúne em Santa Catarina profissionais de turismo de diversos países da América do Sul. Além da famosa Feira de Negócios, os participantes podem desfrutar de muitas atividades voltadas para o segmento.
O Centreventos recebe todos os anos mais de 6 mil profissionais de turismo nos dois dias da BNT Mercosul. Na última edição o evento reuniu 350 marcas distribuídas em 105 estandes. Com mais de 110 estandes confirmados para este ano, a expectativa é que os resultados sejam ainda mais positivos.  
Na 24ª edição da BNT Mercosul cada destino/serviço tem sua sala no próprio estande de exposição, facilitando assim a organização e possibilitando que mais agentes de viagens possam participar das Capacitações. Os treinamentos serão dados por: Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Blumenau, Parque Unipraias, Maranhão, Rio Grande do Norte e Ministério do Turismo.

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Ministro aponta principais desafios do turismo


O Brasil não é o único país a enfrentar desafios no Turismo. A busca por mudanças no desenvolvimento e no fortalecimento da economia são necessidades no setor. No Dia Nacional do Turismo, o ministro Vinicius Lummertz (foto) falou sobre os principais obstáculos a serem enfrentados pelo país e os projetos de seu mandato.
Lummertz comemorou os resultados do turismo brasileiro e a chance de gerar mais negócios para o país. “O turismo vem ganhando cada vez mais importância no Brasil, com R$ 520,5 bilhões em contribuição para a economia, sete milhões de empregos gerados e 206 milhões de viagens domésticas, apesar de estarmos aquém do nosso potencial”, afirmou o ministro.
O ministro também destacou a importância dos projetos do Ministério do Turismo para o setor. O plano Brasil + Turismo, em parceria com a Embratur, tem como objetivo promover os destinos do país. Outra ação do Ministério foi a concessão de vistos eletrônicos para a entrada no país, articulada por Lummertz. Em abril deste ano, o número de emissão de eVisas para o Brasil cresceu 49%.
“Conseguimos implantar o visto eletrônico, por enquanto para quatro países: Japão, Estados Unidos, Canadá e Austrália, e já alcançamos índices de até 96,7% na emissão de eVisa em alguns casos. Nossa intenção é expandir o benefício para outros países, como Índia e China”, explicou.
Além disso, o setor conta com a regulamentação de voos charters, que possibilitam a entrada de 10 milhões de brasileiros no mercado; o programa Céus Abertos, que elimina o limite de voos entre Brasil e Estados Unidos; a isenção temporária de impostos para importação de equipamentos de parques temáticos; e o projeto de modernização da Lei Geral do Turismo.
Sobre os investimentos feitos no país, Lummertz exaltou a importância de realizar parcerias. “No momento, por exemplo, estamos trabalhando junto com o Sebrae e o BNDES na implantação do Prodetur + Turismo, um programa de financiamento para projetos de turismo de estados, municípios e para a iniciativa privada. Temos cerca de R$ 5 bilhões em recursos para aportar em projetos prioritários do setor”, comentou.
Talvez uma das propostas mais ambiciosas do setor, o Plano Nacional de Turismo 2018-2022 quer ampliar o número de turistas internacionais no Brasil, que hoje é de 6,6 milhões. O objetivo do ministério é atingir o número de 12 milhões, 100 milhões de turistas domésticos e gerar mais dois milhões de empregos, até 2022.
“As metas são ousadas. Para alcançar esses números, a proposta é melhorar o ambiente de negócios para que tenhamos mais investimentos e turistas em nosso país. Nesse sentido, está em tramitação no Congresso Nacional o projeto de lei 2724 que prevê a modernização da Lei Geral do Turismo. São 118 mudanças propostas para desburocratizar o setor e dar mais segurança para a iniciativa privada, gerando emprego e renda ao povo brasileiro”, finalizou Lummertz.

Dagnoni é vice-presidente de Turismo da Fecomércio


O empresário Hélio Dagnoni (foto), presidente do Sindicato do Comércio Varejista  de Balneário Camboriú (Sindilojas) acaba de ser eleito vice-presidente de Turismo da diretoria da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio-SC), que tem como presidente o empresário Bruno Breithaupt.  Breithaup foi reeleito à presidência da Fecomércio-SC em votação unânime realizada no auditório da entidade, na tarde de segunda-feira (7). A nova gestão – o terceiro mandato consecutivo – começa oficialmente em 10 de agosto, mas a posse ocorrerá durante a festa de 70 anos da entidade, no dia 13 de agosto.
Em 70 anos de história da Fecomércio-SC, esta é a primeira vez que um  diretor do Sindilojas  é convidado para assumir uma vaga na diretoria da entidade. Hélio chega à diretoria da Fecomércio-SC com o compromisso de fomentar  o turismo de Santa Catarina e movimentar toda a cadeia de bens e serviços. “Na prática, buscamos o desenvolvimento econômico do varejo, estimulando o comércio”, enfatiza Hélio Dagnoni.
Natural de Itajaí, mas residente em Balneário Camboriú, Hélio Dagnoni, 59 anos, começou a trabalhar aos 14 anos como auxiliar de serviços de uma transportadora, empresa que aos 16 anos já ocupava o cargo de gerente. Dono de três empresas, Hélio constituiu seu primeiro negócio em 1983. No associativismo empresarial, o empresário atua há 23 anos, tendo sido presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Balneário Camboriú (CDL-BC) e está no terceiro mandato do Sindilojas. Em 2016, atuou como secretário municipal de Turismo de Balneário Camboriú.


terça-feira, 8 de maio de 2018

24ª BNT Mercosul começa no próximo dia 25


Nos dias 25 e 26 de maio a BNT Mercosul volta a Itajaí, Balneário Camboriú e Beto Carrero World para a realização da sua 24ª edição. O tradicional evento traz a Santa Catarina os principais nomes e marcas do turismo nacional e também de países como Uruguai, Argentina, Chile e Paraguai, apresentando sempre muitas novidades focadas na promoção de destinos, comercialização de serviços turísticos e capacitações de agentes de viagens.
A Feira de Negócios e as Capacitações serão realizadas no Centreventos em Itajaí, Business Center e visitas técnicas em Balneário Camboriú e a cerimônia de encerramento no Beto Carrero World. Além disso, o evento recebe mais de 40 Famturs, que partem de diversas cidades do Brasil e do Mercosul. Agentes de viagens interessados em participar podem entrar em contato através do e-mail marina@bntmercosul.com.br, lembrando que as vagas são limitadas e já estão se esgotando. Todas as solicitações serão encaminhadas às Operadoras responsáveis por organizar cada grupo.
A BNT Mercosul reúne, ao longo de dois dias, mais de seis mil participantes, se consolidando como o evento que mais recebe profissionais de turismo da América do Sul. Para participar é obrigatória a inscrição, que deve ser feita diretamente pelo site www.bntmercosul.com.br.

segunda-feira, 7 de maio de 2018

Nordeste conhece atrativos do litoral catarinense


Para atrair ainda mais visitantes para as dez cidades da Costa Verde & Mar (SC), representantes da Entidade Intermunicipal de Turismo (Citmar) percorrem o Brasil e a América Latina em parceria com o Projeto Visite BC e Região para divulgar os atrativos da região. Entre terça (8/5) e quinta-feira (10/5), a equipe participará pela primeira vez de rodadas de negócios nas cidades de Fortaleza, Natal e Recife. Além da apresentação dos atrativos com materiais e os vídeos institucionais, a equipe da Costa Verde & Mar, também participa com intenção de apresentar informações aos agentes de viagem e fazer a capacitação para que possam oferecer o destino em suas negociações. “Ações e parcerias como estas permitem ampliarmos a divulgação dos nossos serviços e assim atrairmos ainda mais o olhar dos turistas brasileiros e estrangeiros”, afirma a presidente do Colegiado de Secretários de Turismo da Amfri, Zene Drodowski.
Organizado pelo BC Convention, o projeto Visite BC e Região prevê mais de 25 ações e 12 etapas para 2018. As atividades iniciaram no Sudeste brasileiro em abril, chegam à 2ª etapa agora em maio, e seguirão em um longo cronograma durante todo ano, incluindo a passagem por destinos internacionais. Em 2017, a proposta visitou 20 cidades de seis países: Brasil, Peru, Argentina, Uruguai, Colômbia e Paraguai e foram capacitados mais de 700 agentes e operadores de viagens, de 80 agências e operadoras.
O Visite BC e Região conta com parceria principal da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Balneário Camboriú e possui participações especiais da Região Turística Costa Verde & Mar, Santur, Parque Unipraias, Parque Beto Carrero World, Infinity Blue Resort & Spa e Sindisol.

quinta-feira, 3 de maio de 2018

Tetê Bezerra é a nova presidente da Embratur


Não durou muito a gestão de Marcelo Costa como presidente interino do Instituto Brasileiro de Turismo. O presidente Michel Temer nomeou a ex-deputada federal Tetê Bezerra (foto) para assumir a presidência da Embratur. Tetê tomou posse nesta quinta-feira (3 de maio), em cerimônia realizada em Brasília. A deputada já vinha sendo cotada para assumir a presidência do instituto desde a saída de Vinicius Lummertz para assumir como Ministro do Turismo no lugar de Marx Beltrão.
A nomeação foi publicada no Diário Oficial da União na quarta-feira (2). Antes de ser nomeada, Teté era secretária Nacional de Qualificação e Promoção do Turismo do Ministério do Turismo, cargo que ocupava desde o início da gestão de Temer na presidência da República. Até 2015, ela exercia a função de diretora do Departamento de Produtos e Destinos da Secretaria Nacional de Políticas de Turismo.


Ministro do Turismo visita Balneário Camboriú


O ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, visitou Santa Catarina no último final de semana, para acompanhar obras estruturantes para o turismo no Estado. Em Balneário Camboriú, um dos principais destinos de sol e praia do Sul do País, participou da solenidade de entrega do licenciamento ambiental que autoriza a ampliação da faixa de areia da Praia Central do município, de importância estratégica para o desenvolvimento turístico local. Essa é a segunda vez que um município brasileiro obtém a licença – o primeiro foi Fortaleza (CE).
Com a autorização, a Prefeitura dá o primeiro passo para corrigir a erosão da orla e iniciar um investimento estimado em R$ 100 milhões. O projeto deve não só triplicar a largura da faixa de areia ao longo dos cerca de 6 mil metros de extensão do balneário, mas também revitalizar design e funcionalidade turística, urbana e esportiva da beira-mar desde o extremo da Barra Sul à Barra Norte.
“Temos aqui em Balneário Camboriú uma combinação perfeita entre natureza e desenvolvimento econômico. Aqui eu vejo o futuro. O alargamento da faixa de areia dará condições de convívio muito melhores não só para os turistas, mas também aos moradores”, disse o ministro. Lummertz afirmou que o Ministério do Turismo irá apoiar as obras de alargamento da praia por meio do Prodetur + Turismo, linha de crédito do MTur em parceria com o BNDES.
O governador Eduardo Pinho Moreira, destacou a relevância do setor para Santa Catarina. “O turismo é das atividades econômicas mais importantes ao nosso estado. Temos grandes projetos aqui, como o engordamento da praia central e o centro de eventos, para avançar ainda mais no turismo de nosso estado”.
Acompanhado do prefeito de Balneário Camboriú, Fabrício Oliveira, do secretário de Turismo do Estado, Tufi Neto, e do secretário de estruturação do Turismo, Totó Parente, o ministro disse acreditar na internacionalização dos investimentos em Santa Catarina, um estado que “pode ser o centro da mudança que queremos para o turismo brasileiro”, ao se referir a grandes investimentos que devem alavancar o setor como atividade econômica do estado catarinense. Atualmente, o turismo responde por 13% do PIB de SC.

Mostra das Regiões Turísticas do Paraná


Nos últimos dias 27 e 28 de abril, no ExpoUnimed, em Curitiba, a 14a. Mostra das Regiões Turísticas do Paraná - atração especial na 24º Salão Paranaense de Turismo - apresentou aos agentes de viagens, operadores e ao trade turístico todo o potencial do Estado.
As 14 Regiões Turísticas ofereceram aos visitantes uma estimulante jornada, seja qual for o perfil procurado. São elas: Campos Gerais, Cataratas do Iguaçu e Caminhos ao Lago de Itaipu, Corredores das Águas, Ecoaventuras Histórias e Sabores, Entre Morros e Rios, Lagos e Colinas, Litoral do Paraná, Norte do Paraná, Norte Pioneiro, Riquezas do Oeste, Rotas do Pinhão, Terra dos Pinheirais, Vale do Ivaí e Vales do Iguaçu.
Além dos atrativos turísticos, as regiões mostraram o que têm de melhor em gastronomia, festividades, artesanato e a crescente infraestrutura para bem receber e encantar os turistas que optam em viajar por todo o Paraná.
A 14a. Mostra destacou ainda estandes exclusivos do Turismo Religioso – 2018 afinal é o Ano Temático dedicado ao segmento – do Artesanato, da Gastronomia Paraná (valorizando pratos típicos e produtos das diversas regiões e municípios), além de um Espaço especial para os Guias de Turismo, no melhor espírito dr que “com guia é + turismo), campanha liderada pela Paraná Turismo desde 2016.
Para o presidente da Paraná Turismo, Jacó Gimennes, “foi a melhor edição da mostra nestes últimos quatro anos. O espaço foi muito bem concebido e os visitantes tiveram todas as condições de ver todos os estandes e espaços em busca das atrações, novidades e oportunidades para apostarem no Paraná como um grande produtor de turismo, de boa qualidade”, disse Gimennes.
Para a coordenadora de Eventos e Feiras da PRTur, Vania Climinacio, “a mostra foi excelente. Uma das melhores, pois as IGRs (Instâncias de Governança Regional) estavam prontas e receptivas para mostrar com entusiasmo suas atrações e produtos”. Vania também gostou “da maneira prática e objetiva como os estandes foram distribuídos”.
A diversidade cultural e geográfica é que faz do Paraná um Estado muito visitado e o coloca em posição altamente requisitada por brasileiros e estrangeiros. Aqui, cada região apresenta encantos especiais com surpresas que conduzem todos os seus visitantes a viagens inesquecíveis. Deixe-se seduzir por estas terras. Seja qual for o seu estilo, você vai se surpreender!

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Santa Catarina tem novo Secretário de Turismo


O governador Eduardo Pinho Moreira definiu, na tarde de segunda-feira, dia 16, o nome de Tufi Michreff Neto como o novo secretário de Turismo, Cultura e Esporte de Santa Catarina. Junto com o anúncio, o governador e o novo secretário confirmaram a contrapartida do Estado para o prêmio catarinense de cinema 2018, no valor de R$ 3,5 milhões.
Para o governador, o setor do Turismo, que já representa cerca de 13% do PIB catarinense, é um dos potenciais econômicos de Santa Catarina, que tem contribuído de forma significativa com a arrecadação estadual. O perfil técnico de Michreff foi decisivo para a escolha do novo secretário. “Ele conhece os caminhos para acessar os recursos e tem proximidade com o ministro do Turismo, que também é catarinense. Teremos todas as condições de avançar e consolidar Santa Catarina no topo dos investimentos do setor”, destacou o governador Eduardo Pinho Moreira.
O novo secretário reconheceu que Santa Catarina se destaca na área do Turismo, Cultura e Esporte e disse que não medirá esforços para fomentar as ações neste setor. “Minha experiência me credencia a ocupar essa função com a certeza de que, ao lado do ministro Vinícius Lummertz, iremos trabalhar fortemente para o desenvolvimento do Turismo em Santa Catarina”. Além do Prêmio de Cinema catarinense, o novo secretário observou que o Estado tem ações emblemáticas para o fortalecimento do setor, como a conclusão do Centro de Eventos de Balneário Camboriú, entre outros eventos e ações importantes.
Pós-graduado em Economia e Gestão, com foco em planejamento, orçamento e gestão pública, pela Fundação Getúlio Vargas e bacharel em Administração pela Faculdade Estácio de Sá de São José, em Santa Catarina, Tufi Michreff Neto foi diretor de Administração e Finanças da Embratur, de 2012 a 2017, foi também diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento e Urbanização (Conurb) de Joinville de 2009 a 2011. Durante quatro anos (2005 a 2009), Tufi esteve no Governo do Estado de Santa Catarina, ocupando cargos no Departamento de Transportes e Terminais da Secretaria de Estado da Infraestrutura. Lá foi gerente de Administração e Recursos Humanos, diretor Administrativo e Financeiro, gerente de Administração, Finanças e Contabilidade e, por fim, diretor de Transportes.

Palmas terá o primeiro Distrito Turístico da AL


O apoio à implantação de um distrito turístico na capital tocantinense Palmas foi o assunto de reunião realizada nesta quarta-feira (25), em Brasília, entre o ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, e a prefeita da cidade, Cinthia Ribeiro. A iniciativa, prevista no novo Plano Diretor do município, reserva uma área total de 10 milhões de m² entre a Serra do Lajeado e o Lago de Palmas, ao Norte da capital, para empreendimentos turísticos, como parques temáticos, hotéis, bares e restaurantes.
Lummertz comparou o projeto ao exemplo bem-sucedido de Cancún, no México, e informou que a proposta será avaliada no âmbito do Prodetur + Turismo, que busca reforçar o desenvolvimento do setor. “Vamos levar o projeto, assim que ele estiver completamente apresentado, ao Prodetur + Turismo, esperando que não só ele seja aprovado, mas que seja exemplar no desenvolvimento de potencialidades semelhantes em todas as 27 unidades da Federação”, frisou.
O programa facilita o acesso de estados e municípios a linhas de financiamento com prazos e juros diferenciados. A prefeita agradeceu a disposição do ministro e previu avanços. “Eu arrisco dizer que esse será um grande legado do ministro. Nós já estamos em negociação com a Universal e a Disney, além de bares e restaurantes”, adiantou Cinthia Ribeiro.
O Plano Diretor de Palmas define as prioridades da Prefeitura para os próximos 10 anos. O distrito, localizado a 10 quilômetros do centro da cidade, deve ser loteado em glebas para negociação com empreendimentos. Presente à audiência, o presidente do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), Alain Baldacci, destacou o potencial da iniciativa. “Vamos começar a captar maciços investimentos estrangeiros. Palmas poderá, inclusive, atrair turistas de todo o Norte da América do Sul”, apostou.
Porta de entrada das belezas únicas do Jalapão, um dos principais destinos de aventura e natureza do Brasil, e cenário de arrojada arquitetura, a capital oferece ainda ao visitante as belas praias do Lago de Palmas, formado pela Usina Hidrelétrica Luis Eduardo Magalhães. No local, com 8 km de largura e 172 km de extensão, é possível praticar atividades como esportes náuticos, pesca esportiva e realizar passeios de barco.

Crescem os gastos com turistas estrangeiros


Os visitantes internacionais injetaram na economia brasileira US$ 1,9 bilhão no primeiro trimestre de 2018. Se comparado ao resultado do ano passado, quando a receita cambial do turismo alcançou a marca de US$ 1,84 bilhão, houve um crescimento de 4,7% no acumulado de janeiro a março.
Depois de dois meses de crescimento consecutivo, no comparativo com o ano passado, os gastos dos turistas internacionais recuaram 16% no mês de março. Caíram de US$650 milhões para US$ 544 milhões. O acumulado de janeiro e fevereiro deste ano, de US$ 1,39 bilhão, foi o maior valor registrado desde o início da série histórica na década dos anos 90.
“Ao analisar esses dados temos que considerar a questão da sazonalidade, nossas pesquisas de demanda internacional mostram que o fluxo de estrangeiros para o Brasil é normalmente mais elevado nos meses de janeiro e fevereiro”, comenta o diretor de Estudos Econômicos e Pesquisas do MTur, José Francisco Lopes.
Os dados do Banco Central divulgados nesta quarta-feira (25) mostram que o brasileiro também gastou menos lá fora em março, embora em menor proporção.
A despesa cambial do turismo caiu de US$ 1,53 bilhão para US$ 1,52 bilhão. No acumulado do trimestre, no entanto, o crescimento foi de 10,2% na comparação com o ano passado.
As informações sobre a receita e despesa cambial turística consideram o uso de cartões de crédito e trocas oficiais de moeda.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

60º Conotel é lançado em Florianópolis


Em solenidade realizada no CentroSul, em Florianópolis, na presença de diversas autoridades, empresários, imprensa e profissionais do setor, Manoel Linhares, presidente da ABIH Nacional, e Camila Moretti, diretora da Equipotel, lançaram o 60º Conotel – Congresso Nacional de Hotéis e Equipotel Regional 2018, que acontece de 16 a 18 de maio, em Fortaleza.
O Diretor-presidente da ABIH-SC, Osmar José Vailatti, abriu o evento parabenizando o incansável trabalho de divulgação que está sendo realizado pelo presidente Manoel em divulgar e convocar empreendedores e profissionais dos segmentos que interagem com os setores de hotelaria, gastronomia e turismo por todo país “Nosso presidente não quer só crescer e engrandecer a economia turística de um Estado, ele quer levar para o Ceará milhares de participantes de todo Brasil, engrandecendo todo o movimento hoteleiro”, afirmou o diretor-presidente da ABIH-SC.

Feiras de Turismo estão em alta no Brasil


O turismo mundial inicia o ano de 2018 otimista, após a divulgação da retomada no crescimento no setor turístico, anunciado em março pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC). Os números divulgados apresentaram um aumento de 4,6% em 2017, acima dos 3% referentes ao PIB mundial no ano passado. Segundo a instituição, o setor tem se mostrado cada vez mais vital para a economia global.
No cenário nacional o Ministério do Turismo também divulgou números importantes. Segundo os dados, somente no ano passado, o setor foi responsável por 8,5% do Produto Interno Bruto (PIB), com aporte de US$ 152,2 bilhões na economia brasileira.
Para Eduardo Zorzanello, CEO do Festuris Gramado – Feira Internacional de Turismo, considerada pelo trade a mais efetiva feira de negócios da América do Sul, o mercado do turismo aquecido, tem potencializado as feiras do setor como importantes palcos de negócios. “É possível ver no mercado a retomada do crescimento e a confiabilidade nas feiras de negócios turísticos, transformando estes eventos em palco de negócios para a busca de novos produtos, destinos e tendências”.
Recentemente o CEO passou pela World Travel Market Latin America (WTM), em São Paulo e também pela 40ª AVIESP Expo, duas tradicionais feiras do setor, onde pode comprovar a movimentação do mercado. “A energia em torno do setor está muito boa, na WTM uma das principais feiras para destinos internacionais foi possível perceber o interesse destes destinos no nosso mercado nacional e também a procura local pelo mercado internacional, o que possibilitou o contato direto com novos clientes, abertura de novos horizontes e fechamento de propostas que estavam em andamento para os 30 anos do Festuris Gramado. Na AVIESP, um evento que tem um envolvimento muito grande com o interior de São Paulo, segundo maior polo emissivo do Brasil, também tivemos a projeção de novos mercados e captação de negócios para o Festuris, sempre levando o Rio Grande do Sul e a Região das Hortênsias como vitrine para o mercado nacional e mundial”, destaca Eduardo Zorzanello.

Convention Bureau de BC empossa nova diretoria


A noite da última terça-feira, 17, foi marcada pela posse festiva da nova diretoria do Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau, gestão 2018/2020. O evento, que aconteceu no Hotel Sibara Flat & Convenções, contou com a presença de autoridades locais e estaduais, além do trade turístico da região. Ana Maria Alves dos Santos, que comanda a Vip Mar Turismo e Receptivo, assume a presidência da entidade ao lado da vice-presidente, Margot Rosenbrock Libório, do Hotel Bella Camboriú. Na ocasião, também assumiram novos diretores, membros do conselho fiscal e diretivo da entidade.
Em seu​ discurso de posse, Ana Maria Alves dos Santos afirmou que serão dois anos de trabalhos intensos, focados na continuidade dos projetos existentes e na realização de novas ações para tornar Balneário Camboriú cada vez mais uma opção de destino turístico o ano inteiro, apoiando o novo posicionamento da marca BC em nível nacional e internacional. “Estou ciente da grande responsabilidade que me cabe, mas sei que posso contar com a experiência e dedicação dos nossos diretores e membros do conselho. Juntos aceitamos esse desafio de doar parte do nosso tempo e retribuir a Balneário Camboriú o muito que ela já nos deu”, destacou a empresária.
Na ocasião, o empresário João Francisco Galvão Barão, aproveitou a oportunidade para agradecer todo o apoio que recebeu durante sua gestão. “Ter sido presidente desta importante entidade foi muito mais que uma honra, foi uma efetiva realização profissional e pessoal. Tenho a certeza de que a Ana Maria fará uma excelente gestão”, reforçou o ex-presidente, que ao término do discurso recebeu uma homenagem da equipe executiva do BCCVB pela dedicação e empenho a frente da entidade.
O prefeito de Balneário Camboriú, Fabricio Oliveira, também esteve presente no evento e ressaltou a importância da entidade, afirmando que é uma das mais representativas do estado e também do país. Ele também ressaltou algumas obras de infraestrutura e melhorias ligadas ao turismo local, como a construção do Mercado Público da Barra, que deve ser anunciada nos próximos dias. “O poder público deve trabalhar de mãos dadas com a entidade para fortalecer ainda mais o turismo da cidade. É por isso que nós estamos a cada dia procurando novos investimentos para Balneário Camboriú, para tornarmos a nossa cidade internacionalizada”, finaliza.